loader
V I R A D A


COLUNISTAS









clear

Vencedora do Prêmio Pequenas Gigantes conta sua história


Depoimento cedido da empreendedora Tatiana Lobato.

Meu nome é Tatiane Lobato tenho 37 anos, estou no segundo casamento e tenho 2 filhos lindos. Sou filha da D.Lady e neta da D.Ieda. Minha mãe ficou viúva aos 28 anos, com 5 filhos para criar. Ela precisava trabalhar, então mudamos para a casa da minha avó D.Ieda. Minha avó  me criou dos 06 anos aos 11 anos e  passou pra mim a educação que tinha recebido, em que a mulher precisava saber lavar, passar, costurar e cozinhar. Eu era muito pequena e não entendia porque tinha que ajudar minha avó ao invés de ir brincar com as outras crianças, mas ela sempre me dizia que um dia eu iria agradecer ela por isso.

Passado alguns anos, ainda na adolescência fui trabalhar como vendedora, depois como supervisora de uma loja e equipe de vendas, mas era muito complicado pra mim. Quando se trabalha como funcionário, precisamos cumprir as regras, procedimentos da empresa, e eu sempre queria fazer diferente. Eu tinha muitas ideias, e nas empresas que trabalhei, tinha pouco incentivo para intraempreender.

 Em 2006 estava em uma fase pessoal muito difícil. Meu irmão mais velho tinha falecido, estava passando por processo de separação bem difícil do primeiro casamento, e o serviço era monótono, cansativo e não me trazia paixão nenhuma. Resolvi abrir minha empresa  quando precisei lavar um vestido de festa para ir a um casamento e não achei lavanderia para fazer o serviço onde moro na periferia de Carapicuiba. Só haviam lavanderias em Alphaville um bairro de centro comercial e Publico A/B.  Fiquei com aquela ideia na cabeça. Como as pessoas que moravam no mesmo bairro que o meu lavavam suas roupas de festa, seu tapete, a cortina da sua casa?

 Pedi demissão do emprego e com o valor da rescisão e mais um empréstimo do meu Banco abri a minha primeira lavanderia, ainda sem nenhuma maquina de lavar ou passar roupas, fazia parcerias com outras lavanderias, o dinheiro foi entrando e fui investindo nele de volta, hoje tenho junto com meu marido que me ajuda no negócio uma pequena rede com quatro lavanderias e um galpão onde centralizamos todo o serviço.

 Por ter começado a trabalhar muito cedo para complementar a renda em casa, nao tive oportunidade de concluir uma faculdade, e quando abri o negocio me deparei com contabilidade, tarifas, impostos e tudo o mais que vem junto com o negócio e sentia falta dessa preparação. Como a falta de tempo e dinheiro nunca foi um problema para que eu buscasse informação, vi no Programa Alma do Negocio uma entrevista que a Ana Fontes dava a Paola Tucunduva que falava de um curso de capacitacao para mulheres empreededoras, o 10.000 Women que seria dado pela FGV com o patrocionio da Goldman Sachs.

Fiz a minha inscrição e passei no processo de seleção. Além de aulas com os melhores professores da FGV, o curso proporcionou uma rede de contatos com outras empreendedoras que ja tinham feito o curso. Isso é ótimo porque apendemos de forma colaborativa. O certificado de conclusão do curso só é dado para quem faz um plano de crescimento do negócio, e os melhores planos  ganham uma consultoria. O meu plano de negócios foi um dos selecionados. Ganhei uma consultoria e recebi auxílio com um plano de ações e acompanhamento do negócio por 4 meses para a melhoria da minha rede de lavanderias. 

 A FGV não me deu somente o curso e a consultoria, mas também continua me incentivando e apoiando o crescimento do meu negócio. No mês de  Outubro/2013 recebi um email informando sobre um Desafio  Pequenas Gigantes,  uma iniciativa da Alianca Empreendedora e do Instiututo Walmart, onde depois de um processo de seleção, seriam escolhidas 30 finalistas que receberiam uma capacitação empreendedora e que ao final do Desafio somente 3 vencedoras levariam um premio no valor de R$ 5.000,00 para investir no negócio. E sem perder a oportunidade me inscrevi junto com outras 140 mulheres e acabei sendo uma das 30 finalistas.

 Ao longo dos 4 encontros, foram 32 horas de aprendizado e capacitação onde aprendi mais sobre a técnica Effectuation, organização administrativa, financeira, precificação. Além dos desafios durante as aulas, nós tinhamos que levar um desafio para casa, planejar o desafio e aplicá-lo durante a semana no negócio e no próximo encontro  era sempre apresentado o resultado. Para concluir esses desafios eu recorri ao Grupo de Empreendedoras onde recebi várias dicas e informações, o que me ajudou na competicao e para concluir os desafios. 

 O último desafio era fazer um projeto de como eu iria investir o premio no meu negócio e apresenta-lo a banca de jurados.Apresentei o meu projeto que foi de reformar a fachada. A minha rede de lavanderias  tem como foco as classes C e D, o meu público ainda é muito desconfiado, eles tem dinheiro para gastar, mas não podem fazer uma má escolha de um serviço ou compra que possam se arrepender, pois terão que esperar o proximo pagamento, entao muitas vezes , os clientes que passam em frente a lavanderia e ainda naão experimentaram os servicos da Magic Clean, peferem levar suas roupas e deixar aos cuidados de uma lavanderia que tem o nome de uma grande rede de franquias. As fachadas  precisam mostrar a esse cliente que ali a roupa dele será bem tratada, a Magic Clean já é uma marca conhecida nos arredores e já presta um serviço de qualidade. 

E foi com esses argumentos e sempre motivada em mostrar de onde eu vim e onde eu quero chegar, vislumbro uma Grande Rede de Lavanderias no futuro, que  apresentei o projeto e fui uma das três finalistas e vencedoras da Competição Pequenas Gigantes. Ganhei o premio  no valor de R$ 5.000,00 para a reforma do meu negócio. 

Fonte: Depoimento cedido da empreendedora Tatiana Lobato.

Sobre o autor:
Equipe RME

OUTRAS NOTÍCIAS

2016

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.