loader
V I R A D A


COLUNISTAS









clear

Saber contar histórias pode ser decisivo para sucesso na carreira

Especialistas da SOAP mostram a importância do storytelling

 

Quando o assunto é vender um produto, uma ideia ou um serviço, saber contar histórias é fundamental. O mundo corporativo tem passado por diversas mudanças e aquele velho modelo de apresentação, frio e objetivo, sem conexão com a audiência, tem mostrado que nem sempre é o caminho mais eficaz.

 

De acordo com Eduardo Adas, sócio da SOAP - empresa de comunicação especializada em consultoria para apresentações corporativas – a forma tradicional da comunicação em negócios não entretém, não engaja e não motiva. Isso gera dispersão da audiência, o maior inimigo do apresentador.

 

“Quando o público não se interessa pelo assunto, ele não participa. Portanto, a história tem que conectar e atingir a audiência que você quer mover. Isso não é possível com qualquer história. Tem que ser uma história construída na direção dos interesses de seu público, usando ou não pessoas como protagonistas” explica o especialista.

 

Uma vez que a estrutura da história foi criada, a linguagem visual a complementa como forma de engajar o público. Define-se uma identidade visual e um roteiro que ajudem a contar a história desejada. Esse processo de estruturar e contar histórias, chama-se storytelling. 

Com vasta experiência no mercado de apresentações, os especialistas Eduardo Adas e Rogerio Chequer, também ministram workshops e palestras que orientam como fazer apresentações em momentos decisivos – desde a concepção da ideia até a definição do apoio visual. Os workshops têm a proposta de ajudar profissionais a se comunicarem melhor, construir relações, de forma a garantir o sucesso de uma negociação agregando maior valor à empresa.

 

Confira abaixo os seis pontos principais para contar uma boa história:

1)      Clímax – Objetivo, ponto da história onde você quer chegar.  Ele deve ser irreversível e absoluto, onde a audiência não espera nada que não seja “aquele” final.

2)      Fazer a sua audiência não somente entender o que você tem a dizer, mas acreditar e confiar na sua ideia.

3)      Criar uma ideia “central” que direcionará toda a sua história - determinando o que entra, o que fica de fora, o que vem antes e o que vem depois. Ela deve expressar, numa única sentença, todo o significado da sua narrativa.

4)      Definir quem é o protagonista da sua história, entender qual é o seu principal desejo e que forças podem impedi-lo de alcançar o que quer. Com isso, você deve construir um personagem forte o suficiente para superar os obstáculos.

5)      Entender que uma apresentação em PowerPoint não deve ser uma apresentação em PowerPoint mas sim uma história com começo, meio e fim, ilustrada como se fosse um filme, com uma sequência de imagens que crie uma conexão emocional com a audiência.

6)      Falar sobre dificuldades: falar sobre as dificuldades que passou para chegar ao objetivo, agregam valor à história. Em vez de só contar as partes boas, aproveite e fale das dificuldades também.

 

Sobre a Soap

Fundada em 2003, a SOAP – State Of the Art Presentations (Apresentações no Estado da Arte) (www.soap.com.br) desenvolveu o mercado e é a maior empresa brasileira de apresentações. Com clientes como Avon, Itaú Unibanco e Microsoft, a SOAP criou mecanismos para auxiliar executivos em momentos de decisões, e sua metodologia de quase 10 anos já está presente em 9 países. Em 2011, a Soap lançou o livro “Super Apresentações – Como vender ideias e conquistar audiências” (http://www.soap.com.br/livro), um dos mais vendidos na categoria Negócios.

 

Fonte: Divulgação

OUTRAS NOTÍCIAS

2016

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.