loader
V I R A D A


COLUNISTAS









clear

Mulheres que Mudam o Mundo!

No final desse artigo quero que todos tenham a certeza que a atuação da mulher sempre foi e sempre será preponderante para a evolução do mundo. E é por isso que não podemos deixar que elas não participem de campos como a tecnologia que serão cada vez mais essenciais!

 

Quero contar a história de algumas mulheres brilhantes que realmente mudaram o mundo e nos impactam até hoje com seus feitos. Algumas começaram há muitos ano, mas outras tantas começaram agora a sua jornada de transformação e já estão dando o que falar:

 

#1 – Ada Lovelace King

 

Ada Augusta Byron King, sim, filha do famoso Lord Byron, foi uma matemática e também escritora inglesa. A ela se atribui a criação do primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina. Ou seja, ela é considerada a primeira pessoa programadora de todos os tempos. Viu só como todo esse papo de que programação é coisa de homem é a mais pura balela?!

 

#2 – Hedy Lamarr

 

Hedy Lamarr foi uma pessoa bem famosa em sua época, mas esta popularidade se devia principalmente a sua profissão: a de atriz. A austríaca que se tornou norte-americana, contudo, teve uma contribuição enorme em um campo que não exatamente o das artes, mas o da tecnologia. Mais uma quebra de paradigma! Quem disse que eu preciso ser só de uma coisa? Podemos ser quantas quisermos! #ficaadica

Durante a Segunda Guerra Mundial ela teve a ideia de criar um aparelho, bastante sofisticado de interferência em rádio. O objetivo era despistar os nazistas. Este aparelho que idealizou junto com George Antheil, serviu como base para tecnologias que temos hoje, como o celular e o wi-fi. Olha que diva essa mulher que começou a desenvolver nossos companheiros inseparáveis: celular e wi-fi!

 

#3 - Cláudia Gai

 

Cláudia Gai com apenas de 33 anos, é uma brasileira para se ter muito orgulho.Trabalhando há dois anos com a pesquisa, ela está fazendo no MIT o seu segundo pós-doutorado. O primeiro ela fez na França, no Instituto Nacional de Ciências Aplicadas de Toulouse. Para chegar ao isobutanol, ela e os outros cientistas manipularam os genes de uma bactéria encontrada no solo, a Ralstonia eutropha, para que ela fosse capaz de produzir o álcool. A cientista é formada em engenharia agronômica pela Universidade de São Paulo (USP). Para ela, há ganhos ecológicos com o isobutanol. Isso não significa que ele sozinho será a solução no curto prazo para todos os problemas de poluição. "O objetivo principal do biocombustível é ser reciclado, é não liberar poluição. É uma reciclagem de carbono, muito mais eficiente do que um combustível fóssil", disse ela.

 

#4 - Grace Hopper

 

Grace Hopper foi analista de sistemas da Marinha norte-americana entre as décadas de 1940 e 1950. Ela criou a linguagem de programação Flow-Matic, hoje extinta, que serviu como base para a criação do Cobol, uma linguagem orientada para o processamento de bancos de dados comerciais. Dizem que é dela, também, a criação do termo “bug” para se referir a uma falha no código-fonte. Em homenagem a ela temos a melhor a maior conferência na área: Grace Hopper Conference - Celebration of Women in Computing!

 

#5 - Sara Siufi, Larissa Miléo, Aléssia Pinheiro, Andressa Azevedo e Waykyru Bentes

 

O App GreenBaby, com foco no reflorestamento da Amazônia, foi finalista do Technovation 2014 e representou o Brasil na grande final  na categoria ensino Médio lá no Vale do Silício. Todas essas meninas são estudantes do Ensino Médio, de Santarém - PA e já começaram sua jornada de transformação!

 

 

 

Apesar dos avanços conquistados através de muita luta dessa mulheres com o passar dos anos, o cenário ainda está longe do ideal. As mulheres continuam, infelizmente, sendo estigmatizadas por parte da sociedade. É comum perceber que ainda existe disparidade no salário de pessoas de sexo oposto que ocupam os mesmos cargos. Neste caso, a balança sempre pende negativamente para o lado delas. Mas é por isso que nós estamos aqui!!!!!!!

 

Visando agir nesse gap de gênero, iniciativas como o Prêmio Mulheres Tech em Sampa emergem para estimular e apoiar atividades que estimulem o empreendedorismo digital entre as mulheres. E o mais legal é que essa premiação está com inscrições abertas, que podem ser feitas até o dia 28/01!

 

 

 

Camila Achutti Engenheira de Software da Iridescent, ONG americana de ensino e formação científica e tecnológica. Influenciadora Digital na FIAP e fundadora do blog Mulheres na Computação. Além disso é embaixadora do Technovation Challenge Brasil, um desafio de tecnologia e empreendedorismo só para garotas. Formada em Ciência da Computação pelo IME-USP estagiou no Google em Mountain View e no CTH (Centro Tecnologico de Recursos Hídricos e Hidráulica do Estado de São Paulo). Se apaixonou por empreendedorismo e tecnologia e sonha em mostrar o poder de transformação dessa dupla para o mundo!

Fonte: Divulgação

OUTRAS NOTÍCIAS

2016

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.