loader
V I R A D A


COLUNISTAS









clear

O foco deve estar “além” do cliente

Comunicação eficiente e o bom relacionamento com diversos públicos são mecanismos estratégicos e essenciais para que pequenas e médias empresas influenciem consumidores e tragam fãs para sua marca.

 Por Cássia Aulísio

Estabelecer e manter relacionamentos com os diversos públicos que compõem o seu plano de negócios já virou questão de sobrevivência, também, para as pequenas e médias empresas. Isso mesmo! Na sociedade em rede (época em que estamos inseridos), a empresa que preocupa-se apenas com o cliente final pode estar abdicando de vantagens competitivas que os demais públicos – sempre conectados! – podem lhe proporcionar.

Colaboradores, prestadores de serviços, fornecedores, parceiros, entidades setoriais e os próprios membros da imprensa são grandes formadores de opinião e exercem influência sobre as pessoas que os cercam. Consequentemente, eles podem propagar uma imagem boa ou ruim de sua empresa, dependendo da maneira como vocês se relacionam.

Comunicar-se de maneira eficaz e fazer uma boa gestão do relacionamento com estes públicos, sejam eles internos ou externos, ajuda a alavancar negócios, potencializar os diferenciais de seu produto ou serviço e a atrair fãs para sua marca.

Dados da última Pesquisa Online Global, da Nielsen, apontam que, no Brasil, o grau de confiança do consumidor é maior entre Recomendações de conhecidos (93%), seguido por websites de marcas (75%) e conteúdo editorial (70%). Depois é que foram listados os resultados de buscas na internet e a veiculação em mídia, seja online ou off-line. Isso mostra que, em alguns casos, pequenas ações focadas são mais efetivas do que altos investimentos em publicidade, algo um pouco distante da realidade das PMEs.

“Ok. E, por onde eu começo?”, devem estar se perguntando a maioria das microempreendedoras desta rede. A resposta é simples e óbvia: pelo planejamento. Primeiramente você precisa saber, com clareza, quem são os públicos estratégicos para o seu negócio e definir o grau de prioridade de cada um. Lembre-se que, para quem está começando a empreender, nem sempre será possível investir em diversas ações para encantar a todos os públicos de uma única vez. Ranqueá-los por nível de importância/grau de dependência do seu negócio é a melhor forma de fazer a gestão dos relacionamentos.

O segundo passo é usar da visão estratégica e empatia. Colocar-se no lugar do outro para pensar em ações que a sua marca irá surpreender, ser vista e lembrada. E, depois de planejar tudo, cuidar para que a execução de simples ações seja cuidadosa, proporcionando uma experiência única e positiva.

Mas... e o cliente nesta história toda? Não basta fazer. Tem que contar que fez! Dedique tempo e recursos para registrar as ações mais inusitadas feitas com seus públicos específicos e mostre-as para seus clientes por meios de canais já estabelecidos com eles. Com certeza eles vão adorar e sentir-se “presenteados” também!

 

Cássia Aulísio – 31 anos, é sócia-diretora de Branding e Comunicação na e-Ability Consultoria e Treinamento. Trabalhou por 11 anos em multinacionais, onde foi responsável por processos de comunicação interna e externa. Recentemente atuou como consultora de Inovação e planejamento de relações públicas em agências de marketing e comunicação.

Contato: cassia@eability.com.br


Twitter: 
@caaulisio
Facebook: 
/cassiaaulisio
Linkedin: 
Cássia Aulísio

 

 

Fonte: Divulgação

Sobre o autor:
Equipe RME

OUTRAS NOTÍCIAS

2016

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.