loader
V I R A D A


COLUNISTAS









clear

5 razões pelas quais 'pedir' é uma habilidade essencial para todo empreendedor

  

 

 

Image credit: Kai Schreiber | Flickr

 

Como você se sente quando pede por algo que quer ou precisa? Se palavras como tímido, nervoso, ansioso ou até mesmo apático te descrevem nesse contexto, você pode estar perdendo muitas boas oportunidades.

 

Favores, negociações ou comunicações interpessoais de rotina, seja lá o esteja buscando, tomar a iniciativa de pedir e saber como fazê-lo bem faz toda a diferença tanto para os novos empresários quanto para empresas estabelecidas.

 

Da minha experiência, existem cinco razões principais no ato de pedir que são importantes e necessárias para o sucesso nos negócios:

 

1. Se você não pedir, você provavelmente não vai conseguir.

 

Parece meio óbvio, mas vale à pena manter em mente que as coisas raramente caem em seu colo e as pessoas geralmente não vão lhe dar as coisas simplesmente "porque" você quer. Mesmo quando alguém quer ajudá-lo ou quer fazer negócios, você não pode contar que essa pessoa saiba ler seus pensamentos.

 

Saber como pedir é importante, embora muitas pessoas se sintam intimidadas e tímidas para fazê-lo. Lembre-se, a pior coisa que pode acontecer com uma pergunta bem estruturada é normalmente receber um simples "não". Por outro lado, o seu pedido pode abrir portas e fornecer informações que de outra forma não teriam aparecido no seu caminho.

 

2. Pedir pode economizar dinheiro e tempo.

 

Para os donos de negócios, os benefícios de pedir podem ser enormes. Obter melhores preços dos fornecedores, melhores condições bancárias e descontos em pedidos de compras, mesmo em pequenas quantidades podem fazer a empresa economizar um bom dinheiro ao longo do tempo, dinheiro este que seria perdido se não tivesse obtido os descontos. Em outros casos, delegar tarefas e pedir ajuda, liberam tempo e o tornam mais eficiente.

 

Empresários em desenvolvimento podem conseguir melhores salários ou melhores benefícios quando negociam aumentos e ofertas. Os gerentes de Recursos Humanos, de fato, esperam empregados valiosos para negociar; e, mesmo que você saiba que o empregado não receberá aumento no salário, mais dias de férias ou outras concessões podem ter valor.

 

 

3. Pagar para se sentir confortável com a negociação.

 

Negociar é uma parte fundamental do negócio, e em sua forma mais básica, negociar é apenas saber como pedir o que você deseja ou precisa. Ficar confortável ao perguntar durante situações de rotina irá torná-lo um negociador mais eficaz durante negociações importantes.

 

 

4. Perguntar aos outros, o que eles querem, ajuda você a se comunicar melhor.

 

Os benefícios de ser um questionador hábil se estendem além do que se pode imaginar. É uma verdadeira habilidade para aprender a perguntar aos outros, o que eles querem, ocasionalmente, porque quanto mais você pede, mais você sabe. Fazer as perguntas certas a funcionários, a fornecedores, parceiros e clientes te ajuda a entender melhor as outras pessoas e facilita a comunicação.

 

 

Perguntar aos seus empregados como você pode ajudá-los a trabalhar melhor e buscar por entradas em outros aspectos da empresa pode fornecer informações cruciais. Perguntar aos seus clientes como você pode ser mais valioso para eles e buscar sua entrada também pode ajudá-lo a solidificar as relações e crescer.

 

5. Pedir lhe dá uma vantagem sobre os não-pedintes.

 

Você provavelmente já ouviu a frase "o mundo pertence aos compradores", mas realmente pertence àqueles que não têm medo de perguntar - o que eles querem na vida, o que eles precisam para ter sucesso ou o que eles querem saber.

 

Existem muitas pessoas lá fora que se sentem muito tímidas, intimidadas ou orgulhosas em pedir, e outros que nem sequer percebem que pedir é uma opção. Pedir lhe dá uma vantagem distinta, quando todas as coisas são consideradas. Ele coloca você em uma posição financeira melhor, te dá acesso a mais informações e te ajuda a fazer funcionários e clientes se sentirem valorizados.

 

Então, flexione seu músculo de pedir.

Pedir é crucial, mas saber quando e como é mais ainda. Ser estratégico pode fazer toda a diferença entre ser mais experiente e inteligente do que curioso e ganancioso. Aqui estão algumas maneiras de fazer isso:

 

Prepare seus pontos de discussão com antecedência. Estreite o foco para sua reunião ou conversa determinando o que é mais importante para seus objetivos e sucesso. Em seguida, seja mais específico sobre o tipo de mudanças ou concessões que você quer ver e o motivo. Também, pense sobre o que você tem para oferecer. Em uma entrevista, negociação do salário ou contrato com fornecedor, tenha alguns pontos em mente sobre o que você oferece e como você ou sua empresa se ​​beneficia da outra parte.

 

 

 

 

 

Tenha (realisticamente) altas expectativas. Esperar o melhor ajuda a aumentar a confiança e a atitude na maioria das situações, mas também é importante certificar-se se suas expectativas são realistas e plausíveis. Pesquise com antecedência quando possível para ver em que pé você está. Se você quiser negociar melhores taxas de processamento de pagamentos, pesquise on-line ou pergunte a colegas do ramo para ver o que outros lugares estão oferecendo e o que as outras pessoas estão recebendo.

 

 

 

 

 

Identifique o melhor tempo e lugar. Uma grande parcela em ser um comunicador eficaz é a capacidade de identificar o momento adequado para colocar ou abordar um tema. Para maiores concessões, escolher as condições oportunas pode fazer uma diferença significativa. Seria melhor trazer o assunto à tona em um ambiente de grupo ou privado? Quem é a pessoa certa para falar? Seria melhor atender em seu escritório, no deles ou em um local neutro?

 

 

 

 

 

Faça bons pedidos. Talvez não exista um pedido ruim, mas há aqueles mal educados, estranhos, sem foco e os mal formulados. Ao pensar sobre o que você quer pedir a outra pessoa, ser educado, sangue-frio e respeitoso pode te levar por um longo caminho. Esteja atento as palavras e informações que você realmente procura, e inclua "por favor" e "obrigado". Evite começar os pedidos de modo acusador ou exigente.

 

Uma área que pode exigir mais fineza é o uso do mecanismo. Muitas vezes, você não quer apenas declarar categoricamente que você pode fazer melhor em uma situação mais interessante, uma vez que pode parecer ofensivo. Digamos que você esteja negociando uma conta com o seu banco. Não seja tímido para procurar ou apresentar ofertas de outros bancos, mas faça a abordagem de uma forma inteligente. Explique que você valoriza o relacionamento, mas precisa tomar uma decisão sábia "para a empresa". Em seguida, pergunte se o segundo banco pode igualar ou superar a anterior, a oferta concorrente.

 

Às vezes, estruturando os pedidos em um contexto social, em vez de maneira pessoal, pode tornar as pessoas mais receptivas. Isso pode descrever como algo poderia ser mutuamente benéfico ou permitir a você ajudar os outros.

 

 

Outra maneira de obter melhores resultados é ser criativo com a sua abordagem. Se um fornecedor não está disposto a oferecer um bom desconto, ele ou ela pode oferecer um desconto para uma parcela de vendas baseado em totais mensais, trimestrais ou anuais. Os bancos podem também estar dispostos a prescindir das taxas por um período de tempo para novos clientes ou novas contas como um incentivo adicional.

 

 

Não deixe que um "não" te derrube.

 

É importante estar preparado para um não, apesar de sua bem pesquisada e elaborada pergunta. Mas não deixe que um “não” faça você se sentir triste ou derrotado. Ninguém sempre recebe 100 por cento, e isso é bom. Há sempre a próxima vez, e você nunca saberia se não tivesse perguntado.

 

Quando você sentir que uma conversa não está indo para onde você quer, pergunte a outra parte o que ele ou ela quer. Ter uma idéia mais clara da perspectiva dessa pessoa pode te dar um ponto inicial para trabalhar e abrir uma negociação.

 

Se você se sentir totalmente rejeitado, pergunte como você ainda pode fazer acontecer, ou como você pode trabalhar em conjunto para chegar onde você quer. Às vezes, a resposta pode ser algo relativamente pequeno e conquistável, ao menos você tem algum feedback potencialmente útil.

 

Tal como acontece com qualquer outra habilidade, algumas pessoas, naturalmente, serão melhores em pedir e negociar; mas praticar ativamente e fazer esforços pode tornar qualquer um mais confortável e confiante. Pedir vale à pena, e é uma habilidade empreendedora tão necessária como liderança, estratégia e foco no ambiente de negócio moderno.

 

Você acha fácil pedir ou é algo que precisa trabalhar em você? Existe uma situação em que tomar a iniciativa em pedir algo fez uma grande diferença para você? Compartilhe nos comentários.

 

 Material traduzido por: Inglês S/A do original “5 Reasons Why 'Asking' Is an Essential Skill for Every Entrepreneur”, publicado no Entrepreneur.


 

Fonte: Divulgação

OUTRAS NOTÍCIAS

2016

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.