loader
V I R A D A


COLUNISTAS









clear

3 Segredos de Quem Sobrevive Fazendo o que Ama

Tenho entrevistado algumas mulheres empreendedoras que conseguem viver daquilo que amam e da forma que sempre imaginaram: próximas da família e de seus lares.

Ainda é cedo para conclusões dignas de serem chamadas de “a fórmula do sucesso”, mas já percebi que é, com certeza, um caminho promissor para a alta probabilidade de se ter êxito nos negócios. Todas elas seguiram os seguintes passos até chegarem em suas ocupações ideais:

Primeiro, seja especialista. Não queira vender tudo, fazer todas as técnicas de artesanato, ser consultora de todos os catálogos. Escolha aquela que mais gosta, balanceando sua decisão com aquela que mais vende.

Depois, busque conhecimento.  Não estou falando para você ser expert em redes sociais, abertura de empresa, finanças e contabilidade. Estou falando para você conhecer um pouco de tudo, buscar informações e cursos. Além do conhecimento em si, que já vale a pena a dedicação, é importante para poder saber se o profissional que você buscou para te ajudar em determinado assunto está mesmo prestando um bom serviço. Às vezes, você até contratou um serviço tão simples que poderia ser feito por você mesma, de forma rápida e muito mais barata.

Por fim, não se faça de coitada. Ficar em casa se lamentando da política, da economia e da falta de dinheiro definitivamente não é uma opção para empreendedoras de plantão. Por exemplo, as mulheres artesãs que entrevistei foram atrás, enviaram e-mail para emissoras de TV para ensinar o passo-a-passo, buscaram contatos relevantes, procuraram feiras e eventos para participar, levaram seus produtos para vender em estabelecimentos, pensaram de forma criativa em como atender novos públicos, como outras empresas e não somente pessoas físicas. Nenhuma ficou só no Facebook esperando uma venda.

Stéfani Paranhos é mestranda em Empreendedorismo, Inovação e Novos Negócios pela USP e bacharel em Marketing pela mesma instituição. Participou do Empretec (ONU-Sebrae) e conquistou 3 premiações no seminário.Profissionalmente, sempre atuou em startups. Em 2013, concretizou seu sonho e tornou-se empreendedora serial. Entre os seus negócios está a Wonderbox, startup atuante no setor de marketing promocional, relacionamento com o consumidor e pesquisa de mercado, e a e-Cobertura, especializada em cobertura fotográfica de eventos para redes sociais.

 

Fonte: Divulgação

OUTRAS NOTÍCIAS

2016

clear
NEWSLETTER
Receba notícias e novidades para ajudar você e seu negócio:
ASSINAR

SEGMENTOS
REALIZAÇÃO



Este portal foi desenvolvido pela Objecta internet, uma agência digital engajada com a iniciativa empreendedora e com os resultados online das pequenas empresas.